12ª edição do Festival Gastronômico de Búzios: dois fins de semanas para comer bem

  Está acontecendo em Búzios a 12ª edição do Festival Gastronômico que vai até o dia 13 de Julho. O Festival reúne cerca de 48 restaurantes que irão montar mesas pela Orla Bardot, Rua das Pedras e Rua Manoel Turíbio de Farias, no Centro; Porto da Barra e Espaço Domme, em Manguinhos e servir ao público pratos a preços populares de R$10 para entrada e sobremesa e R$15 para prato principal.
  
   E eu, que adoro um comes e bebes, fui conferir com amigos o que rolou por lá!
   
   O festival começa as 20h e já por este horário o circuito Rua das Pedras e Orla Bardot fica cheio de pessoas andando de um lado para o outro e se aglomerando em frente as mesas dispostas nas ruas. O clima estava delicinha típico de um inverno carioca, o que torna a caminhada e degustação dos pratos muito mais agradável.

   O “tour” começou pelo Pátio Havana que serviu um Salmão “Capricho dos Deuses” feito em flor de sal com crosta de gergelim e ervas frescas sobre purê de zucchini (nome italiano para a nossa abobrinha). Hmmmmm dos Deuses mesmo!

Chefs Patio Havana


Apresentação do prato


Salmão "Capricho dos Deuses"


   Seguindo pelas ruas fui clicando as mesas e iguarias servidas para vocês conferirem como funciona.

Estância Don Juan - Mini Churrasco "Portenho"


Cigalon - Paris Buenos Aires


Vinhos e Espumantes para Harmonizar


Captains Bar - Ceviche de Lagosta


Sabor da Alquimia - Salteado de Camarões no Wok ao Estilo Thai


Mesa do Sabor da Alquimia

   A minha vontade era sair experimentando tudo. Mas, como ainda não sou uma blogueira famosa que recebe convites para sair por aí comendo em troca de um post, me contentei em comer aquilo que realmente eu comeria com os olhos!rs E como dizem por aí, quem vê cara não vê coração e foi essa a decepção que tive ao experimentar as Lulas grelhadas com espuma de limão siciliano e arroz negro ao estilo thay do Salt. Lulas pode ser um prato perigoso, já que por qualquer descuido elas podem ficar borrachudas. E foi este o erro. As Lulas estavam sem tempero e borrachudas. L Decepção total para um prato com tão bom aspecto.

Salt


Lulas Grelhadas com Espuma de Limão Siciliano e Arroz Negro


   Mas como boa brasileira eu não desisto nunca!haha E ainda na Orla Bardot cai nas graças do Scampi a Mediterrânea, também conhecido como Lagostinis à moda Satyricon. Não entendi bem o que era esse “à moda Satyricon”, mas tenho pra mim que era alguma crosta crocante feita com broa moída. Ah! E além dos dois lagostinis também era servido um pastelzinho de queijo.

Satyricon - Scampi a Mediterrânea
   Agora, o que realmente me fez cair de amores foi o Risoto de limão siciliano com camarão. Não só eu, mas todos os que estavam comigo. O tempero, o sabor, o aroma e o vinho que pedimos para harmonizar enfim, tudo estava de lamber os beiços (como diria vovó). Mas, eu, linda que só, cometi uma gafe: não fotografei e nem anotei o nome do lugar!!! Arghhhhhh E nessa busca incessante de descobri o nome do bendito restaurante que fiz a minha própria descoberta. Ou o restaurante não estava no site ou o BZ (Bar do Zé) era o pai da criança, mas por motivos que só Deus sabe anunciou no site do festival o prato Vieiras com foie gras e serviu o risoto. L Mas eu volto lá e encontro esse restaurante!

Mesa do restaurante que esqueci o nome....ops


Risoto de Limão Siciliano e Camarões

Pátio Havana -Rua das Pedras 

SaltOrla Bardot, 468 

Satyricon - Orla Bardot, 500


Bar do Zé - Orla Bardot, 382







Nenhum comentário

Voltar ao topo