Casa de Família ou Hostel? Escolhendo acomodação em Dublin.

Casa de família ou hostel em Dublin
Rio Liffey em Dublin
   Recentemente um leitor aqui do blog me perguntou o motivo de eu ter escolhido ficar em um hostel ao invés de casa de família no meu intercâmbio em Dublin. Confesso que essa foi a segunda pergunta que mais respondi desde que decidi estudar fora. A primeira e mais óbvia era para qual país eu ia... J
   Decidir onde se hospedar em um país novo não é das missões mais simples. Eu levei um tempinho quebrando a cabeça pensando em qual seria a melhor opção.


   Como eu só ficaria um mês em Dublin, meu foco era falar inglês o máximo que eu pudesse. Então, logo de início descartei a oferta de república estudantil que a minha agência ofereceu já que nessas repúblicas a maioria dos moradores é de brasileiros.
   Descartada a hipótese da república, veio a escolha mais difícil: casa de família ou hostel.
  Comecei a pesquisar bastante a respeito do assunto e conversei com pessoas que já haviam estudado fora.



   O primeiro motivo para eu ter optado pelo hostel foi o tempo que eu ficaria na cidade. Um mês é pouquíssimo tempo para conhecer e se adaptar em uma família. Além disso, se a experiência for ruim, isso pode frustrar seus planos e te dar dor de cabeça para procurar outra casa.
   O segundo motivo que também influenciou na decisão foi o preço. Ficar em um hostel sai bem mais barato do que em casa de família. Mas vale a pena lembrar que na casa de família as refeições já são incluídas na diária e no hostel normalmente só o café da manhã.

Casa de família ou hostel em Dublin
Foto Divulgação Generator Hostel
   O terceiro e decisivo motivo foi que normalmente as casas de famílias são afastadas do centro, o que para mim que queria desfrutar ao máximo de Dublin seria ruim. Tive amigos que ficaram em casa de família em bairros distantes do centro e desistiam de sair à noite por causa da distância.
   É claro que ficar em um hostel dividindo quarto com mais cinco pessoas não é só alegria. Você aprende a ser flexível, a respeitar o espaço do outro e a conviver e socializar com pessoas diferentes todos os dias. E sinceramente, não indico um hostel para quem vai ficar mais de um mês.
   Mas na minha experiência ter escolhido um hostel foi sem dúvida a melhor opção. Conheci muita gente bacana, algumas estranhas também haha, fiquei perto do centro e podia ir para todo lado sem preocupação de pegar ônibus ou trem e pratiquei muito o meu inglês.


E você qual foi a sua experiência?




MONTE SUA VIAGEM COM A GENTE


Reserve seu hotel em qualquer lugar do mundo através do Booking.com, pague em moeda local sem depósito antecipado e com cancelamento gratuito!


Prefere a facilidade e independência de alugar uma casa, quarto ou apartamento? Cadastre-se no Airbnb e ganhe um crédito para sua primeira reserva. (válido apenas para novos usuários)


Quer visitar as principais atrações sem filas? Compre ingresso para atrações, tour guiados, espetáculos e musicais com a TicketBar e a Weplann de maneira rápida e segura e economize tempo em sua viagem.


Precisa alugar um carro? Compare o preço com a RentCars, pague em reais sem cobrança de IOF em até 12x sem juros no cartão de crédito ou com desconto de 5% para pagamento à vista no boleto bancário.


Ganhe 15% de desconto nos seguros feitos pela Mondial Assistance com o cupom que encontra-se ao lado direito no banner ou faça um orçamento com as principais seguradoras na Real Seguros, pague em 6x no cartão de crédito ou ganhe desconto de 5% para pagamento à vista no boleto bancário.


Ao fazer sua reserva em algum dos links dos nossos parceiros divulgados aqui no blog nós recebemos uma pequena comissão. Você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a manter o blog sempre com novidade. Obrigada pela preferência! :)
Voltar ao topo